Grande Guia de Plantas (I-S)

De ASM Wiki

autor desconhecido

30px-Nuvola_apps_bookcase.png Este artigo é uma transcrição de um livro, que possui direitos autorais.
O conteúdo dos livros pode ou não ser imaginação de seu autor.


Tabela de conteúdo

Sumário

Um guia em ordem alfabética para pesquisa sobre plantas e suas aplicações (continuação do volume 1).


Lista por Ordem Alfabética

I

  • Ibiri (Canna angustifólia)

Família: Marantáceas. Descrição: Planta ornamental. Cresce em lugares úmidos. Haste ereta, cilíndrica. Rizoma longo. Folhas alternas e flores amarelas, cuja corola é dotada de perianto duplo. Uso: O rizoma é diurético. Parte usada: Toda a planta.


  • Inhame-roxo (Dioscorea heptaneura)

Família: Discoreáceas. Descrição: É uma planta trepadeira, roxa por fora e por dentro, dotada de folhas trilobadas. Uso: Emprega-se para combater dartros. Parte usada: Toda a planta.


J

  • Jaborandi (ottonia ansium)

Família: Rutáceas. Descrição: É um arbusto que atinge mais ou menos um metro de altura. Folhas alternas e flores dióicas. O fruto é uma noz. Uso: As folhas são muito sudoríferas. Parte usada: Folha e raiz.


  • Japecanga (Smilax japecanga)

Família: Ciperáceas. Descrição: Planta trepadeira que cresce às margens dos rios e em lugares úmidos. Raízes em tubérculos. Caule cilíndrico, dotado de alguns espinhos. Folhas bi-seriadas. Flores pequenas e os frutos são bagas que abrigam uma semente arredondada e mais ou menos achatada. Uso: É, antes de tudo, um depurativo eficaz, muito usado contra moléstias da pele. Também é febrífugo. Parte usada: Raiz, por decocção.


L

  • Losna (Artemisia absinthium)

Família: Compostas. Descrição: Cresce até um metro de altura. Dá em mitoas. Folhas pimatífidas. Sabor amargo. Flores amarelas. Uso: Emprega-se em casos de envenenamentos. Parte usada: folhas e flores.


M

  • Malagueta (Piper rubra)

Família: Solanáceas. Descrição: Arbusto. Folhas alternas. Fruto em forma de fuso, vermelho e ardido. Semente achatadas. Uso: Emoliente, expectorante e tônica. Parte usada: Fruto.


  • Malva (Malva sylvestris)

Família: Malváceas. Descrição: Planta de trinta a sessenta cm de altura. Uso: Béquica, calmante, emoliente. Parte usada: Toda a planta.


  • Maravilha (Mirabilis jalapa)

Família: Nictagináceas. Descrição: Planta ornamental, cultivada em jardins. Uso: Diurética. Parte usada: Flores e raiz.


  • Mentrasto (Ageratum conyzoides)

Família: Compostas. Descrição: é uma erva. Vegeta ao lado de estradas. Folhas ovais e flores em forma botões. Os frutos são pequenas pevides pretas, muito pequenas (voam quando maduros). Uso: Usada contra dores em geral. Parte usada: Toda a planta, porém o fruto deve ser usado maduro.


  • Mulungu (Erythrina mulungu)

Família: Leguminosas. Descrição: Árvore mediana. Folhas opostas. Flores grandes, vermelhas. Sementes arredondadas. Uso: É antídoto contra poções de sono quando em conjunto com certas substâncias. Parte usada: Casca.


  • Murta (Myrthis communis)

Família: Mirtáceas. Descrição: Arbusto de caule ereto. Folhas pequenas, opostas. Flores alvas. O fruto é uma baga globulosa, azulada. Sementes reniformes. Uso: Tônica. Parte usada: Os ramos verdes e floridos, por infusão.


P

  • Pacová (Renealmia brasiliensis)

Família: Zingiberáceas. Descrição: Planta herbácea. A haste, ereta, é constituída pelos pecíolos das próprias folhas, os quais partem do solo. Folhas inteiras, lanceoladas, peninervadas. Inflorescência em cacho. O raquis parte do solo, em separado do caule. Uso: Antielmínticas, carminativa, estomacal. Parte usada: Caule e rizoma.


  • Pacari (Peltodons radicans)

Família: Labiadas. Descrição: Erva rasteira. Dá na areia seca. Caule tetragonal. Ramos opostos. Folhas simples, opostas, ovais, agudas. Flores arroxeadas, axilares, dispostas em calátides ou corimbos. Toda a planta expele um suco leitoso. Uso: carminativa e diurética. Parte usada: Talos e folhas.


  • Pariparoba (Piper umbellatum)

Família: Piperáceas. Descrição: Arbusto de até um metro e meio de altura. Caule nodoso. Ramos eretos. Folhas grandes, largas, codiformes. Inflorescência em pequena espiga. Flores aromáticas. Uso: Emoliente. Parte usada: Folhas.


  • Perpétua (Gomphrena globosa)

Família: Amarantáceas. Descrição: É uma planta, de cor roxo-viva, cultivada nos jardins. Ramos articulados e pubescentes. Folhas opostas, ovais e lanceoladas, peludas. Flores longipecioladas, esféricas ou alongadas, inodoras. Uso: Expectorante. Parte usada: Flores, por infusão.


  • Pinhão-bravo (Jatropha curcas)

Família: Euforbiáceas. Descrição: Arbusto. Tronco liso. Folhas longipecioladas. Fruto em cápsula triocular. A semente é uma amêndoa assaz oleaginosa. Uso: O óleo do fruto é usado para cicatrizar ferimentos causados por golpes. Parte usada: Óleo do fruto.


  • Pipi (Petiveria alliacea)

Família: Fitolacáceas. Descrição: Subarbusto de até um metro e meio de altura. Uso: Diurética, emenagoga, estimulante, sudorífica. Parte usada: raiz, seca e reduzida a pó.


  • Pita (Agave americana)

Família: Bromeliáceas. Descrição: É um arbusto muito comum. Uso: Depurativa e estomacal. Parte usada: Toda a planta.


  • Poejo (Mentha pulegium)

Família: Labiadas. Descrição: Planta rasteira. Folhas pequena e ovais. Flores roxos-claras, muito aromáticas. Uso: Eficaz contra arrotos causados por feitiços e contra debilidade geral. Parte usada: Toda a planta.


  • Prímula (primula officinalis)

Família: Primuláceas. Descrição: Planta vivaz. Rizoma curto. Do cimo do rizoma partem as folhas, que são ovais. Flores sobre o longo pedúnculo radical, em cimeiras. Uso: Depurativa, calmante. Parte usada: Toda a planta.


Q

  • Quebra-pedra (Phillanthus miruri)

Família: Euforbiáceas. Descrição: Erva anual. Haste ereta, fina, ramosa. Folhas ovais, alternas, pequenas, simulando os folíolos de uma folha imparipenada. Flores amarelo-esverdeadas, dióicas. Fruto triocular, com duas sementes. Uso: Diurética, fortificante, aperiente. Parte usada: Toda a planta.


S

  • Sabugueiro (Sambucos nigra)

Família: Caprifoláceas. Descrição: Pequena árvore. Folhas opostas. Flores miúdas, brancas e muito aromáticas. O fruto é uma baga globulosas, preta, luzente e lisa (espremida dá um suco da cor do sangue). Uso: As flores são eméticas. Também é eficaz contra gripes e resfriados, queimaduras, furúnculos e verrugas. Parte usada: Toda a planta.



  • Saião (Kalanchoe brasiliensis)

Família: Crassuláceas. Descrição: Subarbusto. Ramos cilíndricos, empubescidos, herbáceas. Folhas ovais, lanceoladas no meio do caule, redondas na parte inferior, serrilhadas na extremidade dos ramos. Flores róseas. Uso: Emprega-se contra aftas, calos, frieiras e picadas de insetos. Também é eficaz contra queimaduras e verrugas. Parte usada: Folhas.


  • Salsa-parrilha (Smilax medica)

Família: Liliáceas. Descrição: Planta sarmentosa. Uso: Depurativa, diurética, sudorífica. Parte usada: Raiz, por decocção. Sassafrás (Sassafras officinalis) Família: Não se sabe ao certo (planta mutante) Descrição: não tem uma aparência padrão (muda de forma) Uso: É difícil usá-la, pois adota as propriedades da planta em que está assemelhada. Parte usada: Depende da aparência.


  • Sempre-viva (Sempervivum tectorum)

Família: Crassuláceas. Descrição: Folhas achatadas, carnudas, oval-alongadas; as caulinares são esparsas. Flores róseas. Uso: Adstringente. Também faz desaparecer calos e verrugas. Parte usada: Folhas.


  • Sumaré (Cytropodium punctatum)

Família: Orquidáceas. Descrição: É uma espécie de orquídea. Uso: É muito eficaz contra furúnculos gigantes. Parte usada: Toda a planta.

Ferramentas pessoais